Farinha de soja torrada Granel 100g

Farinha de soja torrada Granel 100g

1. Colabora para a Perda e Manutenção do Peso

A farinha de soja pode auxiliar a perda e o controle do peso através de três mecanismos. O primeiro é através da atuação das proteínas e fibras alimentares, que prolongam a sensação de saciedade e mantêm a fome afastada por mais tempo.

O segundo e o terceiro processo se dão pela atuação química da soja, que pode interferir nos mecanismos de regulação da fome e da saciedade. Segundo um estudo realizado pela Universidade de Illinois em Chicago, Estados Unidos, a soja demonstrou ser capaz de promover a perda de peso em ratos através do aumento do metabolismo e de uma melhora no mecanismo de sinalização de saciedade.

No estudo feito com ratos, todos os animais receberam a mesma quantidade de alimento e foram submetidos a mesma carga de exercícios, mas somente uma parte deles recebeu injeções com um hidrolisado de soja.

Ao final da pesquisa, todos os animais apresentaram uma perda de peso, mas os animais que receberam a soja emagreceram muito mais. E tudo isso sem alterar o padrão de alimentação – ou seja, os animais continuaram ingerindo a mesma quantidade de alimento mas ainda assim emagreceram. O que significa, portanto, que a perda de peso foi causada por um aumento na taxa metabólica dos animais.

Para os pesquisadores, a soja contém peptídeos (moléculas formadas pela ligação de dois ou mais aminoácidos) que podem acelerar o metabolismo e também enviar o sinal de saciedade de maneira mais eficiente para o cérebro, dois processos que podem resultar na perda de peso.

2. Fornece nutrientes para a formação de tecido muscular

Não são somente as proteínas da farinha de soja que podem auxiliá-lo no processo de hipertrofia, mas sobretudo os diversos minerais e vitaminas do alimento. Durante o exercício, as células do tecido muscular sofrem microlesões que deverão ser reparadas a fim de que ocorra o tão esperado crescimento muscular. E esse reparo somente é possível com a presença de nutrientes como o ferro, as vitaminas do complexo B (que atuam no metabolismo das proteínas) e o magnésio.

A proteína da farinha de soja auxilia no processo de reconstrução das fibras, fornecendo todos os aminoácidos de que o corpo necessita para fabricar novas células musculares. A farinha de soja contém ainda zinco, mineral que atua no mecanismo de produção da testosterona e também acelera a recuperação muscular no pós-treino.

Enquanto a maior parte das proteínas de origem animal é considerada incompleta por não conter todos os aminoácidos, a proteína da soja possui um teor de amino ácidos sulfurados mais alto do que os grãos em geral, o que a torna uma proteína de alta qualidade, praticamente equivalente às proteínas de origem animal.

E para quem malha e precisa consumir uma grande quantidade proteína todos os dias, a soja pode ser uma fonte alternativa para variar o frango grelhado e o whey de todos os dias. Isso porque, apesar do valor proteico semelhante, os maiores benefícios da farinha de soja são que ela contém muito menos gordura saturada e absolutamente nada de colesterol.

3. Diminui os sintomas da TPM e da Menopausa

Esse talvez seja um dos maiores benefícios da farinha de soja para as mulheres, afinal boa parte delas sofre ou irá sofrer com alguns dos sintomas desses períodos durante a vida adulta. Estudos preliminares têm sugerido que uma dieta rica em soja e derivados pode atenuar os sintomas da menopausa em mulheres na pré-menopausa.

Isso ocorre porque, durante a menopausa, os níveis de estrógeno diminuem significativamente, mas as isoflavonas são capazes de se ligar aos receptores de estrógeno, de maneira que o corpo não irá sentir de maneira significativa a queda do hormônio humano. Por esse motivo, aliás, diz-se que a soja contém fitohormônios, ou seja, substâncias que atuam como hormônios mas que são de origem vegetal – como as isoflavonas.

Entre os sintomas da menopausa que podem ser aliviados com o consumo de farinha de soja estão as variações de humor, a fome repentina e as ondas de calor.

Mecanismo semelhante se dá com a TPM, período no qual os níveis de estrógeno estão acima do normal e podem causar sintomas como ansiedade, vontade excessiva de comer doces, variação de humor, inchaço e dores nos seios. Um dos benefícios da farinha de soja nesse sentido é ajudar a regular os níveis naturais de estrógeno, reduzindo seus efeitos no período pré-menstrual.

4. Fortalece os Ossos e previne a Osteoporose

Pesquisas realizadas em países com grande consumo de soja (como o Japão e a China) têm demonstrado que o consumo regular das principais formas do alimento – entre elas a farinha de soja – pode evitar a perda de tecido ósseo.

A farinha de soja contém um alto teor de isoflavonas, cálcio e magnésio, três nutrientes que, em conjunto, estimulam a desenvolvimento de ossos fortes e ajudam a afastar o risco de osteoporose em mulheres que que já passaram pela menopausa.

5. Reduz o colesterol

Segundo pesquisas recentes, o consumo diário de 60 gramas de farinha de soja (ou o equivalente a pouco mais de meia xícara) reduz as taxas de LDL (colesterol ruim) e aumenta os valores do HDL, contribuindo para a diminuição dos níveis do colesterol total.

Isso pode traduzir muitos benefícios da farinha de soja para o coração, pois ajuda a diminuir o risco de doenças cardiovasculares, como o entupimento das artérias, a trombose e o infarto.

Escreva um comentário

Nota: O HTML não é traduzido!
    Ruim           Bom

  • Visualizações: 160
  • Código do Produto: 157
  • Disponibilidade: Em estoque
0Vendidos
  • R$1,00
  • Sem impostos: R$1,00
 
Calcule o valor estimado do frete para sua região.
Adicionar à lista de desejos Comparar este produto